Nora e a superioridade

A imagem veio daqui

Quando escrevia sobre Casa de Bonecas, citei uma passagem que me fez repensar a vida, em dado momento da peça, Nora conversa com sua amiga e esta, faz um comentário. Comentário este que eu mesma já ouvi à exaustão. Nos últimos tempos senti um enorme afastamento de uma amiga, pensava eu se tratar apenas de uma divergência política, e algumas atitudes tomadas por ela, que hoje eu leio como passivo agressivas, culminaram com o fim da amizade.

Qual não foi a minha surpresa ao ler a peça e ver a amiga de Nora fazer o tal comentário. Foi também neste momento do texto que eu percebi a força e a perspicácia de Nora (aquela mesma que eu não tive). Sua colocação enérgica, pontual e justa. Fica portanto a lição: ninguém que faça pouco do seu sofrimento e aproveite o mesmo momento para posar de vítima das circunstâncias merece seu respeito, carinho ou atenção. Infelizmente eu não tive a mesma sacada de Nora, mas sua amiga quando imediatamente confrontada pelo subterfúgio covarde que usava, assume a culpa e se desculpa. Dificilmente eu teria presenciado uma reação semelhante. Se não fosse esta cena, eu talvez passasse algum tempo pensando sobre, mas gracas a Ibsen não é o caso. Pequenas lições, pequenas coisas, que afloram ao ler os clássicos e fazem aquela diferença na nossa vida. Creio que é  isso o que eles mais acrescentam, compreensão arguta do que é o humano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s